TRF tem nova sessão extraordinária sobre Picciani, Albertassi e Paulo Melo

Ação penal contra os deputados do PMDB volta a ser discutida nesta terça-feira (21) na Justiça Federal.

Por Gabriel Barreira e Arthur Guimarães, G1 Rio e TV Globo

Os deputados Edson Albertassi, Paulo Melo e Jorge Picciani, todos do PMDB, terão processo novamente julgado pelo TRF-2 (Foto: Reprodução / TV Globo) Os deputados Edson Albertassi, Paulo Melo e Jorge Picciani, todos do PMDB, terão processo novamente julgado pelo TRF-2 (Foto: Reprodução / TV Globo)

Os deputados Edson Albertassi, Paulo Melo e Jorge Picciani, todos do PMDB, terão processo novamente julgado pelo TRF-2 (Foto: Reprodução / TV Globo)

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) volta a discutir nesta terça-feira (21), em sessão extraordinária, o processo da Operação Cadeia Velha que determinou a prisão dos deputados do PMDB Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi, já soltos por decisão da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Por unanimidade, desembargadores federais do TRF-2 decidiram na quinta (16) pelas prisões dos deputados. Os três integram a cúpula do PMDB no estado e são investigados pela Operação Cadeia Velha, que apura a prática dos crimes de corrupção, associação criminosa, lavagem de dinheiro e evasão de divisas pela presidência da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) e outros cargos na Casa.

Os parlamentares foram presos, mas soltos no fim da tarde de sexta-feira (17) da Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, Zona Norte do Rio de Janeiro, após decisão da Alerj.