Técnico de enfermagem é preso em hospital particular no DF suspeito de estuprar paciente em coma

Por Marília Marques, G1 DF

Fachada da 15ª Delegacia de Polícia, em Ceilândia Sul, no DF — Foto: Google Maps/Reprodução

Um técnico de enfermagem, de 49 anos, foi preso em flagrante na madrugada desta quarta-feira (18) suspeito de estuprar uma paciente que estava internada, em coma, na UTI de um hospital particular em Ceilândia, no Distrito Federal.

Segundo o delegado Maurício Iacozzilli, que investiga o caso, a vítima tem 46 anos e teria sido abusada por volta das 2h30. “Uma funcionária viu o técnico com o pênis ereto ao lado dela. Ele estava com a calça abaixada e tinha sangue na roupa”.

Ainda de acordo com a investigação, o suspeito é formado há 25 anos, não tinha antecedentes criminais, e trabalhava na unidade há dois meses. Entre outras funções, ele era responsável pelo banho de pacientes internados.

O G1 entrou em contato com o hospital e, até a publicação desta reportagem, aguardava uma posicionamento da direção sobre o caso.

O suspeito foi levado para 15ª delegacia (Ceilândia), onde o caso foi registrado. A audiência de custódia vai decidir se ele continuará preso. Se confirmada a autoria do crime, o homem vai responder por estupro de vulnerável. Para esses casos, a pena pode chegar a até 15 anos de prisão.

Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter