Rueda surpreende, mas Fla quer Guerrero, pelo menos, para volta contra o Flu – Jornal Cometa

Jornal Cometa

Rueda surpreende, mas Fla quer Guerrero, pelo menos, para volta contra o Flu

Rueda surpreende, mas Fla quer Guerrero, pelo menos, para volta contra o Flu

26 outubro
09:40 2017

Atacante faz tratamento em até três períodos para tratar de edema na coxa direita. Direção bate o pé contra pressão peruana, mas técnico considera difícil contar com camisa 9

Melhores momentos: Fluminense 0 x 1 Flamengo pelas quartas de final da Copa Sul-Americana

Melhores momentos: Fluminense 0 x 1 Flamengo pelas quartas de final da Copa Sul-Americana

A última pergunta da coletiva de imprensa, após a vitória por 1 a 0 do Flamengo sobre o Fluminense, no jogo de ida das quartas da Sul-Americana, encontrou Reinaldo Rueda num modo mais sincero do que o normal.

O treinador, que antes já brincara ao dizer que preferia desfrutar da vitória sobre o Fluminense antes de pensar no Vasco, deixou no ar que dificilmente contaria com Guerrero até o período de liberação para a seleção peruana.

– É uma pena que não podemos tê-lo em jogos tão importante para a gente – disse Rueda.

A revelação de Rueda pegou a diretoria e o departamento médico de surpresa. Isto por que não há definição – e nem a sensação – de que Guerrero não consiga se recuperar antes de sair para jogar os dois jogos com a seleção peruana. Os duelos contra a Nova Zelândia são dia 11 e 15 de novembro.

Guerrero em trabalho na academia no Ninho do Urubu (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo) Guerrero em trabalho na academia no Ninho do Urubu (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Guerrero em trabalho na academia no Ninho do Urubu (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Alheio às pressões da Federação Peruana de Futebol, que pretende ter os atletas mais cedo que o habitual para os jogos decisivos, o Flamengo bateu o pé: não vai liberar Guerrero nem um dia antes nem um depois da data obrigatória: o que quer dizer que o peruano só viaja para se apresentar à seleção nacional após o jogo contra o Grêmio, dia 5, em Porto Alegre. O mesmo vale para o lateral-esquerdo Trauco.

O atacante tem feito até três períodos de sessões de fisioterapia no Ninho do Urubu – completando tratamento também em casa. Para a partida de sábado, contra o Vasco, a presença de Guerrero é improvável. Mas, contra o Fluminense, no jogo que decide a vaga nas semifinais da Sul-Americana, dia 1º de novembro, todos esperam vê-lo em campo.

Durante a semana, o chefe do departamento médico, Márcio Tannure, que dificilmente fala em coletivas, atendeu aos jornalistas para falar da lesão de Berrío e comentou sobre Paolo Guerrero, sem descartá-lo para os próximos jogos.

– Paolo tinha um edema na parte posterior da coxa esquerda. Hoje, iniciou o processo de transição. Nestes dias todos ficou só na fisioterapia. Aqui, não trabalhamos com prazo. Vai depender de como vai evoluir nestes dias – afirmou Tannure.

Guerrero desfalcou Fla 16 vezes por lesão, convocação ou suspensão

O jogo contra o Fluminense foi o de número 70 do Flamengo no ano. Por conta de lesão ou desgaste físico, cartões e convocações para a seleção, Guerrero não atuou em 16 partidas na temporada.

São oito jogos por conta de convocações, seis por lesões/desgaste e duas por suspensões – outras 10 vezes o jogador foi poupado pela comissão técnica, que optou por time misto com reservas. Ao todo, ficou de fora em 22,8% jogos da temporada rubro-negra.

Antes do Fluminense, Guerrero perdeu os duelos de ida em duas disputas do Flamengo em mata-mata. Contra o Botafogo por lesão. Diante do Cruzeiro, na final, por levar o terceiro cartão amarelo na semifinal da Copa do Brasil contra o Alvinegro.

About Author

jornalcometa

jornalcometa

Related Articles

App Jornal Cometa