Jornal Cometa

Orquestra de Cavaquinhos de Brasília é convidada a se apresentar na Alemanha

Orquestra de Cavaquinhos de Brasília é convidada a se apresentar na Alemanha

09 março
11:06 2018

Músicos pedem ajuda para despesas com viagem. Apresentação será em abril.

Por Laura Tizzo e Letícia de Oliveira, TV Globo

Alunos da Orquestra da Cavaquinhos estão sem recurso para apresentação na Europa

Alunos da Orquestra da Cavaquinhos estão sem recurso para apresentação na Europa

Foi na Praça da Resistência que surgiu a Orquestra de Cavaquinhos de Brasília, há cinco anos. Hoje, resistência ganhou um novo significado para os 23 músicos. Mais do que o lugar de berço, é no que se apoiam para seguir o sonho de se apresentar na Alemanha, em abril. Convidada pela Escola de Música de Berlim para representar o Brasil na comemoração do centenário do Chorinho, a orquestra conta com uma vaquinha para conseguir viajar.

O idealizador do projeto, Dudu Oliveira, estima que a despesa com a viagem – incluindo passagem, hospedagem, alimentação e roupas de frio – chegue a R$ 199 mil. As passagens representam cerca de R$ 90 mil desse montante, valor que o grupo espera conseguir de doações.

Assista a um trecho do ensaio da orquestra:

Orquestra de Cavaquinhos de Brasília: assista a trecho de ensaio

Orquestra de Cavaquinhos de Brasília: assista a trecho de ensaio

De acordo com Oliveira, nenhuma empresa manifestou interesse em patrocinar a ida dos músicos. Ele afirma que vai tentar ainda recursos do Fundo de Apoio à Cultura.

“A gente está muito feliz porque hoje a gente está podendo ter a oportunidade de dar o que um dia a gente recebeu. Falta, infelizmente, isso, que deixa um pouco a gente triste. Mas não desesperançoso. A nossa esperança não morre nunca.”

Para Marcos André do Nascimento Feitoza, que também participa da orquestra, será a primeira vez que viaja de avião. “Vários sonhos se realizando a partir da música, a partir de quatro cordas – né, ré, sí, sol, ré. O cavaquinho, um instrumento tão pequenininho, consegue levar uma alegria imensa, né? Fico muito orgulhoso.”

A orquestra surgiu quando, há cinco anos, Dudu Oliveira comprou 13 cavaquinhos para dar de presente aos jovens que participavam do projeto social Waldir Azevedo, que tem como proposta estimular o desenvolvimento cultural e artístico das crianças que moram na Vila Telebrasília.

Músico toca cavaquinho (Foto: TV Globo/Reprodução) Músico toca cavaquinho (Foto: TV Globo/Reprodução)

Músico toca cavaquinho (Foto: TV Globo/Reprodução)

Na época da aquisição, os jovens nem sequer conheciam o cavaquinho. “Era algo muito novo pra mim. Eu não conhecia, não tinha visto algo parecido antes. E eu fiquei encantado com isso, instrumento que conseguia fazer um som agudo e muito lindo, sabe?”, conta o estudante Abraham García.

Durante esse tempo, os jovens tiveram aulas com professores voluntários. Eles não recebem salários. E mesmo hoje, com as habilidades mais lapidadas e com convites para apresentações internacionais, a orquestra busca refúgio em uma oficina mecânica quando cai algum temporal. Entre os motores, música.

Orquestra de Cavaquinho de Brasília se apresentando (Foto: TV Globo/Reprodução) Orquestra de Cavaquinho de Brasília se apresentando (Foto: TV Globo/Reprodução)

Orquestra de Cavaquinho de Brasília se apresentando (Foto: TV Globo/Reprodução)

About Author

jornalcometa

jornalcometa

Related Articles

App Jornal Cometa