Mulheres criam projetos para ajudar no desenvolvimento de agropecuaristas

Durante Tecnoshow 2018, elas debatem programas para incentivar crescimento de lideranças femininas no campo.

Por Vanessa Martins, G1 GO, em Rio Verde

Mulheres mostram que entendem de agronegócio e fazem sucesso na Tecnoshow 2018

Mulheres mostram que entendem de agronegócio e fazem sucesso na Tecnoshow 2018

Pensando nas dificuldades que enfrentou durante o crescimento da sua propriedade, a pecuarista Verena Bannwaert criou o “Projeto Garupa”, que incentiva agropecuaristas iniciantes a receberem mentoria de produtoras experientes. A ideia é proporcionar que outras mulheres participem do agronegócio superando as dificuldades e preconceitos juntas.

A pecuarista conta que a ideia surgiu em outubro de 2017, em uma conferência com mil mulheres do agronegócio, realizada em São Paulo. Ela explica que gostaria de ter recebido algumas dicas quando começou a empreender na área e, agora, quer proporcionar essa facilidade a outras mulheres.

“A ideia veio da necessidade. Eu sempre quis alguém pra me ajudar, mas não queria contratar ninguém para isso. Queria alguém para me dar umas dicas e tirar umas dúvidas. Comecei a ajudar outras mulheres que querem melhorar o nível de produção e isso pode ser feito por qualquer mulher no agronegócio. É uma proposta livre, pode ser feita em qualquer lugar, sem exigências”, detalhou.

Palestra sobre mulheres no agronegócio reúne dezenas de produtoras rurais durante Tecnoshow 2018, em Rio Verde, Goiás (Foto: Vanessa Martins/G1) Palestra sobre mulheres no agronegócio reúne dezenas de produtoras rurais durante Tecnoshow 2018, em Rio Verde, Goiás (Foto: Vanessa Martins/G1)

Palestra sobre mulheres no agronegócio reúne dezenas de produtoras rurais durante Tecnoshow 2018, em Rio Verde, Goiás (Foto: Vanessa Martins/G1)

As iniciantes procuram as produtoras mais experientes em busca de conselhos e podem combinar avaliações da propriedade para saber como melhor investir, por onde começar, os cuidados necessários com o produto e outras necessidades de gestão que podem surgir.

“O projeto é para dar suporte para outras mulheres, para que possamos nos apoiar. Hoje vejo que já somos muitas. Quando mulher pega propriedade rural, mesmo sem saber nada, ela se desafia. Ela encara e procura saber”, afirmou.

Pecuarista Verena Bannwaert é criadora do projeto garupa e participa da Tecnoshow (Foto: Vanessa Martins/G1) Pecuarista Verena Bannwaert é criadora do projeto garupa e participa da Tecnoshow (Foto: Vanessa Martins/G1)

Pecuarista Verena Bannwaert é criadora do projeto garupa e participa da Tecnoshow (Foto: Vanessa Martins/G1)

Outro grupo de apoio que surgiu da vontade de empoderar as mulheres do ramo foi o grupo “Mulheres do Agro”, da cidade de Mineiros, no sudoeste de Goiás. Uma das líderes do projeto é a produtora de milho e soja Adriane Steinmetz, de 29 anos. Ela diz que, em parceria com o sindicato local, reuniu cerca de 100 mulheres do agronegócio para trocar experiências e receber cursos.

“Percebemos que há muitas mulheres na mesma situação que nós nos vimos, assumindo o negócio depois da morte do meu pai. O objetivo é se juntar mesmo para agregar conhecimento. Queremos levar cursos para lá e já temos algumas turmas formadas”, afirmou.

Tecnoshow 2018

Data: De 9 a 13 de abril
Local: Centro Tecnológico Comigo (CTC) – Rio Verde – GO (Anel Viário Paulo Campos, Km 7, Zona Rural)
Horário: 8h às 18h
Entrada gratuita.

Veja outras notícias da região no G1 Goiás.

Produtora Adriane Steinmetz é uma das organizadoras do Mulheres do Agro (Foto: Vanessa Martins/G1) Produtora Adriane Steinmetz é uma das organizadoras do Mulheres do Agro (Foto: Vanessa Martins/G1)

Produtora Adriane Steinmetz é uma das organizadoras do Mulheres do Agro (Foto: Vanessa Martins/G1)