Doria pinta salas do Palácio dos Bandeirantes de preto e cinza e quer alugar espaços para eventos

Por Deslange Paiva* e Gabriela Gonçalves, G1 SP

Sala de reuniões do Palácio dos Bandeirantes foi pintada de tons escuros — Foto: Felipe Rau/Estadão Conteúdo

Sala de reuniões do Palácio dos Bandeirantes foi pintada de tons escuros — Foto: Felipe Rau/Estadão Conteúdo

A gestão do governador João Doria (PSDB) pintou salas do Palácio dos Bandeirantes, sede do governo de São Paulo, de preto e cinza, e disse que pretende alugar alguns espaços para a realização de eventos. O governo não informou o custo da pintura.

A sala de imprensa e um salão amplo de reuniões tiveram paredes e portas pintadas de preto e outros tons escuros. As mesas de reuniões agora são cobertas com panos pretos.

A assessoria de comunicação do governo informou que “após 10 anos, o Palácio dos Bandeirantes passa por manutenção para conservação do patrimônio público, sedo principalmente pinturas nas portes e paredes e pequenas adequações como parede de drywall. Não existe decorador responsável, a decoração é feita pela empresa responsável pelas manutenções de rotina do prédio”.

Sala de imprensa do Palácio dos Bandeirantes teve paredes pintadas de preto — Foto: TV Globo/Reprodução Sala de imprensa do Palácio dos Bandeirantes teve paredes pintadas de preto — Foto: TV Globo/Reprodução

Sala de imprensa do Palácio dos Bandeirantes teve paredes pintadas de preto — Foto: TV Globo/Reprodução

Ainda segundo o Palácio, “todas as telas fazem parte do acervo artístico-cultural dos Palácios do Governo, composto por cerca de quatro mil obras, e são volantes entre os cômodos, também trocadas entre o Palácio Boa Vista e o Palácio dos Bandeirantes, assim como também arquivadas ou enviadas para restauro.”

O governo do estado diz que pretende locar espaços e salões que hoje são usados para reuniões, como por exemplo “o auditório Ulysses Guimarães, que tem capacidade para mais de mil pessoas, dada a escassez deste tipo de equipamento na cidade”. Segundo o governo, a renda será revertida para o Fundo Social São Paulo.

Sala do Palácio dos Bandeirantes teve parede e porta pintadas de preto — Foto: Gabriela Gonçalves/G1

Sala do Palácio dos Bandeirantes teve parede e porta pintadas de preto — Foto: Gabriela Gonçalves/G1

Desde que assumiu o governo, no dia 1º de janeiro, Doria abriu mão do direito de morar no Palácio dos Bandeirantes. Ele segue morando em sua casa no Jardim Europa, na região central de São Paulo. O ex-governador Geraldo Alckmin morou no Palácio dos Bandeirantes durante sua gestão.

No gestão do governador Geraldo Alckmin, sala de reunião do Palácio dos Bandeirantes tinha tons mais claros — Foto: Livia Machado/G1

No gestão do governador Geraldo Alckmin, sala de reunião do Palácio dos Bandeirantes tinha tons mais claros — Foto: Livia Machado/G1

* Com supervisão de Paulo Guilherme