Cerca de 2 mil motoristas foram multados por direção alcoolizada no DF durante a Copa do Mundo – Jornal Cometa

Jornal Cometa

Cerca de 2 mil motoristas foram multados por direção alcoolizada no DF durante a Copa do Mundo

Cerca de 2 mil motoristas foram multados por direção alcoolizada no DF durante a Copa do Mundo

16 julho
09:47 2018

Número está ‘bem acima da média’, segundo Polícia Militar. Despreocupação dos motoristas e aumento da fiscalização explicam alta.

Por G1 DF

Homem assopra bafômetro durante campanha educativa "Maio Amarelo" do GDF (Foto:  Renato Araújo/Agência Brasília/Divulgação) Homem assopra bafômetro durante campanha educativa "Maio Amarelo" do GDF (Foto:  Renato Araújo/Agência Brasília/Divulgação)

Homem assopra bafômetro durante campanha educativa “Maio Amarelo” do GDF (Foto: Renato Araújo/Agência Brasília/Divulgação)

Nos últimos 30 dias, enquanto o Brasil acompanhava os jogos da Copa do Mundo, cerca de 2 mil motoristas foram multados pela Polícia Militar por dirigirem sob efeito de álcool no Distrito Federal.

O valor está “bem acima da média”, segundo o chefe do Comando de Policiamento de Trânsito, coronel Souza Oliveira – por mês, são registrados cerca de 1.600 casos de embriaguez no volante. O aumento pode ser explicado por dois fatores:

  1. Mais pessoas combinaram álcool e direção
  2. Houve reforço de fiscalização em dias de jogos

Trânsito no acesso à Ponte JK, em Brasília (Foto: Alexandre Bastos/G1) Trânsito no acesso à Ponte JK, em Brasília (Foto: Alexandre Bastos/G1)

Trânsito no acesso à Ponte JK, em Brasília (Foto: Alexandre Bastos/G1)

Somente neste domingo (15), em uma blitz realizada logo após o jogo da França contra a Croácia, foram multados cerca de 30 motoristas. A fiscalização foi montada na Ponte JK e durou cerca de 3 horas.

Um dos autuados acabou preso – ele ultrapassou o limite máximo de 0,33 miligramas de álcool por litro de ar expelido – e outro, além de estar embriagado, tinha mais de R$ 8 mil em débitos do carro, informou Oliveira.

Durante todo o campeonato, o Comando de Policiamento de Trânsito fez cerca de 300 operações.

Menos mortes

A intensa fiscalização também ajudou a reduzir o número de mortes nas pistas. Segundo dados da PM, a queda foi de 28% em comparação com o mês de junho de 2017 – diminuindo de 25 para 18.

“No ano passado, foi o melhor ano da história. Foram 140 mortes a menos que em 2016”, explicou o coronel Souza Oliveira, responsável pelo Comando de Policiamento de Trânsito.

Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.

About Author

jornalcometa

jornalcometa

Related Articles