Jornal Cometa

Campanha de vacinação contra paralisia infantil e sarampo no DF começa em agosto

Campanha de vacinação contra paralisia infantil e sarampo no DF começa em agosto

28 julho
09:38 2018

Crianças com idade entre 1 ano e 5 anos incompletos devem ser imunizadas. Casos aumentaram desde 2017; vacina é única forma de proteção.

Por G1 DF

Vacina contra o sarampo (Foto: Reprodução/ TV Globo) Vacina contra o sarampo (Foto: Reprodução/ TV Globo)

Vacina contra o sarampo (Foto: Reprodução/ TV Globo)

A partir do dia 6 de agosto, crianças com idade entre 1 ano e 5 anos incompletos (4 anos 11 meses e 29 dias) devem ser levadas aos postos de saúde do Distrito Federal para que sejam imunizadas contra o sarampo e a poliomielite, também chamada de paralisia infantil. A campanha nacional de vacinação vai até o dia 31 de agosto.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o UNICEF, após uma queda em 2016, os casos registrados de sarampo e poliomielite aumentaram em todo o mundo no ano passado. Como são doenças transmissíveis, que têm na vacina sua forma de prevenção, a baixa cobertura vacinal em alguns países contribuiu para a alta.

Entenda o que é sarampo, quais os sintomas, como é o tratamento e quem deve se vacinar (Foto: Infografia: Karina Almeida/G1) Entenda o que é sarampo, quais os sintomas, como é o tratamento e quem deve se vacinar (Foto: Infografia: Karina Almeida/G1)

Entenda o que é sarampo, quais os sintomas, como é o tratamento e quem deve se vacinar (Foto: Infografia: Karina Almeida/G1)

O sarampo é transmitido por secreções por meio da fala, tosse ou espirro. Os principais sintomas são febre alta, dor de garganta, coriza e irritação nos olhos

A poliomielite é uma doença viral que se transmite através de alimentos e água contaminados. Os sintomas iniciais incluem febre, fadiga, dor de cabeça, vômitos, rigidez no pescoço e dor nos membros.

Em 2017, foram registrados no mundo 173.330 casos de sarampo, 41 mil a mais do que no ano enterior. Já os registros de poliomielite foram 96, 54 a mais do que em 2016.

No caminho inverso ao aumento no número de casos, a meta de vacinação vem caindo. No Brasil, a vacinação contra a paralisia infantil alcançou apenas 77% do público alvo em 2017. A vacina Tetra Viral, que previne o sarampo, caxumba, rubeóla e varicela, teve números ainda piores: 70,69% das crianças foram imunizadas em 2017.

Eliana Zagui em foto desta quarta-feira, 25 de julho, no Hospital das Clínicas (Foto: Arquivo Pessoal) Eliana Zagui em foto desta quarta-feira, 25 de julho, no Hospital das Clínicas (Foto: Arquivo Pessoal)

Eliana Zagui em foto desta quarta-feira, 25 de julho, no Hospital das Clínicas (Foto: Arquivo Pessoal)

De acordo com a Secretaria de Saúde do DF, as vacinas contra a paralisia infantil e a tríplice viral estarão disponíveis em todos os postos. No dia 18 de agosto a campanha terá o chamado dia “D” de vacinação, com ações intensificadas.

Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.

About Author

jornalcometa

jornalcometa

Related Articles

App Jornal Cometa