Brasil x Argentina marca reencontro entre capitães amigos e opostos

O confronto desta terça-feira (2) entre Brasil e Argentina, pelas semifinais da Copa América, marcará o reencontro entre dois amigos e hoje capitães de suas respectivas seleções: Daniel Alves e Lionel Messi.

Antes companheiros de Barcelona, eles se encontrarão como adversários no Mineirão. Amigos e donos da braçadeiras em suas equipes, eles têm personalidades opostas. Saiba mais sobre a trajetória dos dois craques

Apesar de ser três anos mais novo que o amigo brasileiro, Messi estreou antes por sua seleção, em agosto de 2005

Meses depois, na Copa do Mundo de 2006, disputou sua primeira grande competição com a Albiceleste. Eliminado diante da Alemanha nas quartas, ele marcou um gol contra Sérvia e Montenegro, na fase de grupos

Já Dani Alves teve sua estreia pela seleção brasileira em outubro de 2006. Seus primeiros torneios de peso foram a Copa América de 2007 e a Copa do Mundo de 2010. Pela competição continental, na final diante da Argentina de Messi, marcou um dos gols da vitória por 3 a 0, que valeu mais um título ao Brasil A amizade dos dois craques começou em 2008, quando o lateral brasileiro fechou com o Barcelona, clube pelo qual se sagrariam campeões em diversas oportunidades

Apesar da boa relação, os dois demonstravam personalidades diferentes. Enquanto Daniel era mais extrovertido e expansivo, o ‘brincalhão’ do grupo, Messi se mostrava mais tímido e quieto. Anos mais tarde, cada um à sua maneira, ambos usariam a faixa de capitão de suas seleções

O primeiro título de expressão da dupla pelo Barcelona viria em 2009, na conquista da terceira Liga dos Campeões da história do clube catalão

No Barça, os dois conquistaram, juntos, três Ligas dos Campeões, três Mundiais e seis edições do Campeonato Espanhol, entre outros títulos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *